Porque fazer o XiVa Studio se já existe o Ubuntu Studio?

Porque fazer o XiVa Studio se já existe o Ubuntu Studio?

Uma das perguntas mais frequentes que nós [email protected] e [email protected] do projeto recebemos é: “qual a diferença entre o Xiva Studio e o Ubuntu Studio”. [email protected] de repetir essa resposta, [email protected] fazer um texto que mostra essas diferenças.

Pra entender melhor vamos deixar aqui qual o objetivo em criar o Xiva Studio, é simples: queremos um sistema voltado pra quem trabalha com multimídia a anos e já tem conhecimento do mundo Linux e pra quem acabou de embarcar nessa aventura, com a melhor performance possível. Quando pensamos em dar sequência ao projeto AviX, surgiu a demanda de ter um sistema que facilite a vida [email protected] usuá[email protected], ou seja acessibilidade e usabilidade para qualquer pessoa, não precisando assim ser um expert em códigos e etc. A final nem [email protected] profissional de multimídia é [email protected] desenvolvedor. 
CONCEITO

– Ubuntu Studio é uma flavour oficial, por isso ele fica engessado nos pacotes oferecido pela canonical já o Xiva como não é oficial, utiliza de pacotes externos. Usamos tudo que tem no Ubuntu Studio, KX Studio e muitos outros. Usamos o repositório oficial dos produtores dos softwares além de um repositório próprio, plugins e addons que não se encontram em outros repositórios ou ppa e programas de difícil instalação pré configurados, sendo instalado com 1 click de mouse.

– O Xiva é construído por uma comunidade de usuá[email protected] que realmente utilizam esses programas e não apenas DEV’s (desenvolvedores). Quem usa sabe o que precisa, um [email protected] que só trabalha com isso não conhece as nossas necessidades.

– No site do Xiva você tem acesso direto @s [email protected] do sistema e uma comunidade em PT-BR para prestar suporte.

– O Xiva tem customizações de performances, com uma interface muito mais leve e menor consumo de memória ram mesmo ambos usando a interface XFCE.

KERNEL

Bom vamos falar um pouco de kernel, como que eles funcionam!

O kernel generic, que vem por padrão no ubuntu trabalha da seguinte forma: quando você está com vários programas abertos ele tenta destinar recursos pra todos eles, para que nenhum trave e/ou de lag (lentidão), sempre tenta deixar recursos livres pra caso você abra um novo programa e procurando gastar o mínimo de energia possível. O kernel lowlatency, que vem instalado por padrão no kxstudio e ubuntu studio é um kernel “de foco”, o programa que está em primeiro plano vai ter prioridade de recursos sobre os demais, mas como o generic ele tenta deixar recursos pra novos possíveis programas e usar o mínimo de energia possível. Já o Kernel RealTime liquorix, o programa que estiver em primeiro plano vai ter 100% de prioridade, não importando se os programas em segundo plano travarem, se sobrar recursos ele deixa os em 2º plano usarem, ele não economiza recursos pra um possível novo programa aberto, usando tudo que estiver disponível. E não vai economizar energia, pois o que você quer é performance!

– No Xiva você escolhe qual usar, de acordo com as suas necessidades.


PROGRAMAS

– O Xiva tem sua loja própria que reúne os programas que demandam muitos comandos e um conhecimento técnico grande tornando o acesso [email protected] usuá[email protected] limitado. Com a loja esses programas são instalados com poucos clicks.

– O Xiva é pequeno, leve e dá liberdade de instalar apenas os programas que você utilizará sem diminuir o desempenho da sua máquina com programas desnecessários.

– Além de todos dos programas oferecidos pela Ubuntu, Ubuntu Studio e KX Studio nossa loja oferece uma grande gama de programas, plugins, addons e presets de placas de áudio externas que @ usuá[email protected], seja [email protected] com grande ou pouco conhecimento encontra dificuldades em achar e instalar manualmente.

RENDER FARM

– O Sistema de render farm automatizado. Explicamos isso melhor aqui. https://xivastudio.org/renderfarm

 

DRIVES

– Você pode usar os drivers nativos do Ubuntu ou de fontes alternativas, mais atualizados, que na maioria das vezes tem melhor performasse.

– Fácil instalação/Ativação dos módulos CUDA, fundamental para animação 3D, edição de video etc.


ÁUDIO

– Um sistema de controle de volume mais avançado, além de ter um conector de Jack muito mais foda que é o Patchage ou Cadence fica sua escolha, muito mais fácil de usar que no Ubuntu Studio.

ZRAM

-O Xiva já vem com o zram instalado. Tá mas que coisa é essa? O que esse trem faz? Zram é um compactador de memória ram, quando sua ram está acabando o ubuntu começa a usar o disco para simular a memória ram para não travar o computador, a SWAP, só que a memória ram é infinitamente mais rápida que HD ou SSD, no Xiva quando você está chegando perto do limite de ram, o zram começa a compactar a memória dentro da ram, dando assim mais 50% de ram, ai você me pergunta, isso não diminui a performance? Sim, claro, mas é anos luz menos lento do que jogar a memória pro HD ou SSD, o zram só entra em ação quando sua memória está acabando.

VISUAL

– No Xiva o display do sistema pode ser configurado de diversas formas. Ficando com “cara” de Unity, Mac Os, Mate, Gnome 2, XFCE clássico, Ruindows e muito mais.

 

Comentários: 2

  1. Rodney disse:

    Caramba adorei esse projeto 100% brazuca. Fiquei feliz, vou dar uma testada, até então sou usuário do AVLinux e anteriormente do Ubuntu Studio. Muito obrigado desde já por compartilhar, testando agora.

  2. Ismar Russano disse:

    Bom, confesso que quando fui rodar o Xivas pela primeira vez, fiquei assim meio decepcionado ao tentar já de inicio rodar o Jack. Pra minha surpresa cadê o jack? Fui notar que muitos aplicativos não estavam instalados. Tive que instalar um pacote..etc..!
    Fiquei pensando depois: – mas isso não é bom? No final ficou uma instalaçao enxuta ! Só instalei o que particularmente necessitava. Trabalho com audio e mid . Parabens a galera do Xivas, a ideia é boa mesmo!!
    Grande abraço!!

Deixe uma resposta para Ismar Russano Cancelar resposta